segunda-feira, 26 de agosto de 2013

"Sara e a impressora má"


Comprei ano passado uma impressora nova. Mandei a antiga dar uma curva ao bilhar grande, pois os tinteiros custavam para lá de 55€ e eu não estou para manter pançudas. Nos primeiros tempos fomos amigas (eu e a nova), imprimia tudo direito, não dava chatices, mas como nem tudo na vida é um mar de rosas, eis um dia que ela se lembra de dizer que não imprime pois os tinteiros não são originais. Passei-me completamente...desnaturada, mal agradecia, anda uma pessoa a pagar 15€ por um tinteiro e ela diz que não são originais? Que venha a ser isto? A coisa passou-lhe. Lá ía reclamando de vez enquando, mas andava calma. A semana passada imprimi 2 documentos para a bolsa do meu namorado. Portou-se bem. Hoje fui imprimi os mesmo 2 documentos, mas para mim...eis que começa o filme: ora os tinteiros não eram originais, ora se lembrava e desatava a imprimir coisas do alinhamento (já fiz para aí 100 vezes o raio do alinhamento, mas nunca mais alinha), ora dava erro por razões desconhecidas. Passei-me. Estive seguramente 45 minutos para imprimir 2 folhas. Raio da Bambi, imprimi logo quando é para os outros e para mim, que a sustento, demora anos para o fazer. Já dizia a minha avó: "Os de fora são sempre os bons e os de casa os fracos!!".

3 comentários:

Vicky disse...

Normalmente começo a ficar com tiques nervosos de raiva quando a minha impressora se passa, e não são poucas vezes, lol

BAOF disse...

"manter pançudas" ahahaha
A minha também já lhe deu com isso dos tinteiros uma vez

Sara disse...

Oh pah sou uma mulher dada à linguagem popular B|