terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

"Oh mãe salva-me deste filme!"

(eu a correr atrás dos iões complexos e eles a fugirem como se não houvesse amanhã. Bambis!)

Estou num estado que não se aconselha às pessoas que anseiam por algo no futuro...não percebo nada desta vida da matéria que me vai sair num teste! Eu sei, é muito mau, principalmente tendo em conta que é uma disciplina opcional, à qual eu tinha 16, nos anos anteriores...e não escolhi uma outra, em que tinha 20 (não me insultem metalmente...dei-te cá para fora o vosso espanto pela minha parvoíce)! Só há uma definição possível para a minha pessoa: logarítmo de estúpida que nem uma porta levantado ao quadrado vezes um milhão (algo entre grito de raiva, tristeza e repulsa pela minha pessoa)! Qual a solução disto? Estudar como se não houvesse amanhã e acender uma centena de velas a todos os santinhos existentes! E desta vez, acho que não me chega uma luz divina...é capaz de ser preciso um Sol dela (esta expressão ficou um bocado estranha, mas vocês percebem o que eu quero dizer...se não perceberem finjam que perceberam para eu acreditar que vocês perceberam, perceberam?)!

Mosquita

2 comentários:

23DavidLuiz disse...

Boa sorte Sara! Vai correr bem!!

Paraondegiraomundo disse...

Pois, aquela expressão bem que me parecia estranha! Pelo que estudei até agora até tem estado a correr bem, mas vou agora entar na parte das reações de separação dos metais.